Erlanio Xavier toma posse na diretoria da CNM




O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, Erlanio Xavier, tomou posse nesta segunda-feira, 31 de maio, como 2º Tesoureiro do Conselho Diretor na nova diretoria da Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Eleita em março deste ano, a nova diretoria vai conduzir a entidade durante a gestão 2021-2024. O presidente Paulo Ziulkoski retorna ao comando da CNM em substituição ao presidente Glademir Aroldi que em sua despedida apresentou um balanço de sua gestão no triênio 2018 – 2021. Ziulkoski foi eleito na chapa “Movimento CNM Independente”, que recebeu 1.961 votos favoráveis (98,6%).

Participaram da cerimônia em Brasília membros do Conselho Diretor, Conselho Fiscal e Conselho de Representes Regionais.

Após a posse os membros da nova diretoria participaram da primeira reunião do Conselho Político realizada em 2021.

Quem são os integrantes da nova diretoria:

A nova gestão tem como presidente o presidente de honra da CNM, Paulo Ziulkoski. O Conselho Diretor será formado pelo Presidente, Vices, Secretários e Tesoureiros, a saber:


1º vice-presidente: Julvan Lacerda - ex-prefeito de Moema (MG) e presidente da AMM-MG;

2º vice-presidente: Luiz Sorvos - prefeito de Nova Olímpia (PR);

3º vice-presidente: Rosiana Beltrão - prefeita de Feliz Deserto (AL);

4º vice-presidente: Haroldo Naves - prefeito de Campos Verdes (GO) e presidente eleito da FGM; e 5º vice-presidente: Jair Souto Prefeito de Manaquiri (AM) e presidente da AAM-AM.

O 1º, 2º e 3º secretários serão, respectivamente, o ex-prefeito de Afogados da Ingazeira (PE) e presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Coimbra Patriota; o prefeito de Santana do Seridó (RN) e ex-presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), Hudson Pereira de Brito; e o prefeito de Pedras de Fogo (PB) e ex-presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), Manoel Alves da Silva Júnior.

A tesouraria da próxima gestão CNM será exercida por três líderes municipalistas. Do primeiro para o terceiro, são eles: o prefeito de Santarém (PA) e ex-presidente da Federação da Associação de Municípios do Estado do Pará (Famep), Francisco Nélio Aguiar da Silva; o prefeito de Igarapé Grande (MA) e presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Erlânio Furtado Luna Xavier; e o prefeito de Chorozinho (CE) e presidente da Associação dos Municípios do Ceará (Aprece), Francisco de Castro Menezes.

Conselho Fiscal


O Conselho Fiscal da entidade terá como titulares os prefeitos de Capela (SE), Silvany Mamiak; de Bonfim (RR), Joner Chagas; e de Talismã (TO), Diogo Borges. Três gestores estarão, respectivamente, na 1ª, 2ª e 3ª suplência: de Amapá (AP), Carlos Sampaio ; Gameleira de Goiás (GO), Wilson Tavares ; e de Cumaru (PE), Eduardo Tabosa.


Conselho de Representantes Regionais


O titular da região Nordeste será o ex-presidente da UPB e ex- prefeito de Bom Jesus da Lapa/BA, Eures Ribeiro. Seu suplente é o presidente da APPM e prefeito de Francinópolis (PI), Paulo Morais. A região Sul terá como titular o prefeito de Araquari (SC) e presidente da Fecam, Clenilton Pereira, com o prefeito de Taquari (RS) e presidente da Famurs, Emanuel de Jesus, como suplente.


O Sudeste será representado pelo presidente da APM, Carlos Cruz. A suplência terá a ocupação do ex-Prefeito de Viana (ES) e presidente da Amunes, Gilson Daniel. A titularidade da Região Norte fica com o prefeito de Rio Branco (AC) e presidente da Amac, Sebastião Rodrigues e o prefeito de Urupá (RO) e presidente da Arom, Célio Lang, como suplente. Por fim, a Região Centro-Oeste estará representada pelo prefeito de Nioaque (MS) e presidente da Assomasul, Valdir Souza, com o presidente da AMM e ex-prefeito de Nortelândia (MT) como suplente.

Comentários