Ex-prefeito acreano envia nudes em grupo de WhatsApp de alunos


O ex-prefeito do município acreano de Xapuri, Wanderley Viana, está sendo acusado de enviar nudes em um grupo de WhatsApp de uma turma de alunos da escola estadual Anthero Soares Bezerra, onde leciona.

Em um print da mensagem que circula nas redes sociais, o ex-prefeito aparece exibindo o órgão genital. Dois minutos depois do envio, um aluno reage à publicação com xingamentos e pede que Wanderley “tome vergonha na cara”. O professor então diz se tratar de um erro e se desculpa.

À imprensa local, o professor Wanderley Viana sustentou que não teve a intenção de mandar as imagens para o grupo e disse que as fotos eram destinadas a uma mulher. Ele também ressaltou que aceitará sem questionamentos as punições da direção da escola, que afirmou já estar “discutindo medidas a respeito do caso”.

Polêmicas

Essa não é a primeira vez Wanderley Viana se envolve em polêmica. No ano passado foi acusado de atacar a transexual Laysa Berteluccy chamando-a de “capeta puro”. Dias depois, no entanto, se retratou fazendo um pedido público de desculpas.

Meses depois, o ex-político voltou às manchetes após postar uma foto do próprio pênis em seu story no Facebook, causando uma grande repercussão nas redes sociais. Ele apagou a publicação minutos depois, mas vários prints já haviam sido feitos.




Fonte:Metrópoles

Comentários