Primeiro dia da terceira fase da campanha de vacinação contra H1N1 atrai novo público-alvo aos postos da Prefeitura de São Luís


Foto: Divulgação

O primeiro dia da terceira fase da campanha de imunização contra a gripe, que agora abrange um novo público-alvo, foi de procura pelos postos de saúde que a Prefeitura de São Luís disponibilizou para esta fase da vacinação. Muitas pessoas procuraram o serviço e o fluxo foi considerado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus) como satisfatório.

Ao todo, a gestão do prefeito Eduardo Braide disponibiliza 62 locais de imunização, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e aos sábados, das 7h ao meio-dia, 16 unidades de saúde do programa Saúde na Hora.

“É preciso que a população como um todo entenda a importância do recebimento das doses e do cumprimento do ciclo vacinal. a Prefeitura de São Luís na gestão do prefeito Eduardo Braide está ofertando a vacina contra a Influenza em todas as unidades de saúde. Por isso, é fundamental que a população possa buscar um dos postos para garantir a proteção imunológica”, disse o secretário de Saúde de São Luís, Joel Nunes.

Foto: DivulgaçãoNesta quarta-feira (9), no Centro de Saúde do Bairro de Fátima, várias pessoas compareceram ao local em busca do imunizante.

“Antes de ir trabalhar, resolvi me vacinar. Cheguei cedo e consegui minha vacina contra a gripe”, disse o motorista de coletivo, Josivan Alencar.

Ele integra o novo grupo prioritário desta fase da campanha que abrange ainda as forças armadas, de segurança e salvamento, além das pessoas com comorbidades, com condições clínicas especiais ou com deficiência permanente, além de caminhoneiros. Também estão contemplados, nesta fase, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário, trabalhadores portuários, funcionários do sistema de privação e liberdade, a população privada de liberdade e adolescentes em medidas socioeducativas. Esta fase da campanha prosseguirá até o dia 9 de julho.

Nos casos específicos, como por exemplo de pessoas com comorbidades e trabalhadores do transporte coletivo, é necessário, no ato da vacina, apresentar documentação comprovando o perfil ou a representação em categoria profissional específica. Pessoas enquadradas nos perfis anteriores da campanha também podem se vacinar nesta fase. O Dia D será neste sábado (12) com a participação de todas as unidades de saúde da rede municipal.

Foto: Divulgação

A Coordenadora de Imunização, Charlene Luso orienta, neste momento, priorizar a imunização contra a Covid-19. As pessoas que fazem parte do grupo prioritário para a vacinação contra Influenza e que ainda não foram vacinadas contra a Covid-19 devem priorizar a dose contra o coronavírus e agendar a vacina contra a gripe com um intervalo mínimo de 14 dias entre elas”, lembrou.

Doença

A vacinação contra a Influenza é necessária, pois combate a gripe, uma infecção aguda do sistema respiratório, provocado pelo vírus da Influenza, com grande potencial de transmissão e fácil propagação, sendo responsável por elevadas taxas de hospitalização. Existem quatro tipos de vírus Influenza: A, B, C e D. O vírus influenza A e B são responsáveis por epidemias sazonais, sendo o vírus A responsável pelas grandes pandemias.

Saiba Mais

PÚBLICOS CONTEMPLADOS INFLUENZA (desde a primeira fase)

- Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias) gestantes

- Puérperas

- Trabalhadores da saúde

- Idosos com 60 anos ou mais

- Professores das escolas públicas e privadas

- Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais

- Pessoas com deficiência permanente, forças de segurança e salvamento, Forças Armadas

- Caminhoneiros

- Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso

- Trabalhadores portuários

- Funcionários do sistema prisional

- Adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas

- População privada de liberdade



Locais de vacinação

1. C.S da Liberdade

2. Centro de Saúde Paulo Ramos

3. C.S Bezerra de Menezes

4. USF do São Francisco

5. C.S. Vila Bacanga

6. U. M. Itaqui Bacanga

7. C. S. Clodomir P. Costa

8. C. S. Valdecy Eleoteria Martins

9. C. S. São Raimundo

10. C. S Yves Parga

11. C.S. Vila Nova

12. Hospital Aquiles Lisboa

13. C.S. da Vila Embratel

14. C.S. do Gapara

15. C.S Bairro de Fátima

16. U.M Coroadinho

17. C.S Carlos Macieira

18. PSF Dr. Antonio Guanaré

19. Posto de Saúde do Anil

20. C.S Genésio Ramos Filho

21. C.S Cohab - Anil

22. C.S Salomão Fiquene

23. C.S Djalma Marques

24. C.S Turu

25. Hospital Dr. Adelson de Sousa Lopes

26. UBS Cintra

27. Colégio Militar Tiradentes (Vila Palmeira)

28. APAE no Outeiro da Cruz

29. C.S. Amar

30. Escola Professor José do Nascimento Moraes

31. C.S. Radional

32. C. S. da Vila Lobão

33. C.S. João de Deus

34. U.M. São Bernardo

35. Policlínica C. Operaria

36. C.S Santa Bárbara

37. C. S. Drª Nazaré Neiva

38. USF Dr.Antonio Carlos S. Reis I

39. USF Maria Ayrecila II

40. USF Jailson Alves III

41. USF Santa Clara

42. USF Santa Efigênia

43. C.S São Cristóvão

44. USF Pirapora

45. USF Fabiciana Moraes

46. C.S Vila Janaina

47. UBS Expedito Alves de Melo

48. PS Coquilho

49. C.S. Itapera

50. C.S. Quebra Pote

51. C.S. Tales Ribeiro Gonçalves

52. USF Vila Sarney

53. C.S. Pedrinhas I

54. C.S. Pedrinhas II

55. C.S. Tibiri

56. C.S. Maracanã

57. USF Coqueiro

58. C. S. Jose de Ribamar Frazão

59. C.S. Laura Vasconcelos

60. C. S. Rio Grande (Mª de Lourdes)

61. C.S Vila Itamar

62. Escola Mariana Pavão

Comentários