Vice-governador Carlos Brandão lança novo edital do Procaf

 

O Governo do Maranhão tem realizado diversas ações de valorização da agricultura familiar.


 O trabalho ganhou um reforço, quarta-feira (9), com o lançamento de mais um edital do Programa de Compras da Agricultura Familiar (Procaf), realizado na Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras do Estado do Maranhão (Fetaema). O vice-governador Carlos Brandão participou da solenidade, acompanhado do secretário de Estado da Agricultura Familiar (SAF), Rodrigo Lago, e de representantes dos movimentos sociais.

Esse já é o terceiro edital lançado, somente neste ano, por meio do Sistema SAF. O programa visa auxiliar os agricultores com a aquisição direta dos seus produtos. Desta vez, serão contempladas as associações e cooperativas de agricultoras e agricultores familiares em todo o estado. Os alimentos comprados pelo Procaf serão doados às redes socioassistenciais, hospitais, banco de alimentos e creches.

Segundo o vice-governador Carlos Brandão, a iniciativa também é uma medida para minimizar os impactos causados pela pandemia da Covid-19, fortalecendo a agricultura familiar e garantindo a segurança alimentar das pessoas em situação de vulnerabilidade social.

“Em tempos de pandemia, estamos investindo neste edital mais de R$ 2,5 mi para garantir a compra dos produtos da agricultura familiar e, ao mesmo tempo, entregar esses alimentos para aqueles que mais necessitam. Ou seja, comprar de quem produz e doar a quem precisa. Fizemos questão de realizar esse lançamento simbólico dentro da Fetaema, demostrando a boa relação que o Governo do Maranhão tem com os agricultores rurais”, afirmou o vice-governador.

O secretário Rodrigo Lago pontuou os investimentos feitos pelo governo do Estado para impulsionar o trabalho da mulher e do homem do campo e promover a segurança alimentar da população maranhense.

“O programa Comida na Mesa prevê investimentos de R$ 180 mi ao todo. Um dos itens do programa é o fortalecimento do Procaf, criado pelo governador Flávio Dino em anos anteriores e que vem sendo executado. Agora, com o Comida na Mesa, o valor foi dobrado. Somente no Procaf, serão investidos R$ 5 mi neste ano”, explicou o secretário da SAF, Rodrigo Lago.

A presidente da Fetaema, Ângela Silva, falou sobre a relevância da escolha da Federação para a realização da solenidade de divulgação do novo edital. “Trazer o lançamento do Procaf para dentro da Federação, nos anima. Porque dá visibilidade para a agricultura familiar e mostra a sua importância para o Maranhão. Além disso, também incentiva os nossos agricultores a aumentar a produção, gerando mais recursos e renda”, destacou.

Também estiveram presentes no evento o secretário adjunto de Agricultura Familiar e Economia Inclusiva da SAF, Ivaldo Rodrigues; o secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular do Maranhão (Sedihpop), Francisco Gonçalves; o presidente da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp/MA), Júlio César Mendonça; e o deputado estadual, Adelmo Soares.

As inscrições do novo edital do Procaf serão iniciadas no dia 14 de junho e seguem até o dia 14 de julho, beneficiando cerca de oitenta associações de trabalhadores rurais.

Comentários