Abertas as inscrições para casamento comunitário virtual em São Luís

 Foto: Diego Chaves/O Estado

Estão abertas, a partir de hoje (26), as inscrições para os casais interessados em participar do casamento comunitário virtual em São Luís.

Nesta edição, promovida pela Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão (CGJ-MA), serão oferecidas 500 vagas para os casais que residem na capital. O intuito do órgão é realizar o matrimônio civil de casais de baixa renda de forma gratuita.

As inscrições podem ser feitas pela internet, até a próxima sexta-feira (30) ou até o preenchimento total das vagas disponíveis, com o preenchimento de formulário eletrônico e envio de documentos e fotos. O canal para pré-inscrição virtual será disponibilizado nos endereços eletrônicos do Poder Judiciário do Maranhão a partir desta segunda. As pessoas que tiverem dificuldade de realizar a inscrição virtual devem ligar para o Telejudiciário através do número 0800-707-1581, com ligação gratuita, para conseguir ajuda.

No período de 9 a 27 de agosto, será realizado o atendimento presencial aos casais pelos cinco cartórios de Registro Civil de Pessoas Naturais de São Luís, parceiros do Judiciário no projeto, com horários agendados e informados no momento do cadastro dos noivos na internet.

Para participar, os casais devem preencher todos os requisitos do formulário de inscrição virtual que consta no Provimento 20/2021, juntando, de forma digitalizada, a certidão de nascimento dos nubentes, sendo solteiros; certidão de óbito do cônjuge falecido para nubente(s) viúvo(s); certidão de casamento com a separação judicial, ou, divórcio averbado em cartório, para nubentes separados ou divorciados; autorização dos pais, se um ou os dois nubentes tiver (em) idade entre 16 (dezesseis) e 18 (dezoito) anos; carteira de identidade e CPF de ambos os nubentes - frente e verso; comprovante de endereço de ambos os nubentes e Duas testemunhas, com respectivas carteiras de identidade.

Todos os campos do formulário online deverão ser preenchidos de forma idêntica da que consta no documento que será utilizado na inscrição, por meio de escaneamento/digitalização e/ou foto legíveis para serem validados pelos cartórios, sob pena de indeferimento da inscrição e a vaga ser disponibilizada para outros noivos.





Fonte:G1

Comentários