Ao contrário de outros líderes mundiais, Bolsonaro insiste em não se vacinar contra a Covid-19

(Foto: ABr)

247
- Ao contrário de outros líderes mundiais, Jair Bolsonaro continua se recusando a tomar a vacina contra a Covid-19. Entre os 12 países da América do Sul, com exceção da Guiana Francesa, todos os chefes de Estado já foram vacinados com ao menos uma dose do imunizante, exceto o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez.

De acordo com o jornal O Globo, entre os países que integram o G-20, 15 líderes se vacinaram em público como forma de estimular a vacinação da população. Neste grupo, somente o presidente da China, Xi Jinping, não informou se já foi ou se pretende ser imunizado. As vacinas aplicadas nos presidentes foram a AstraZeneca, Sputnik V, CoronaVac, Covaxin, Pfizer e Sinopharm.

Na quinta-feira da semana passada, a ex-coordenadora do Programa Nacional de Imunizações (PNI) Francieli Fantinato afirmou à CPI da Covid que deixou o cargo devido à “politização” em torno do assunto feita pelo “líder da nação”. Bolsonaro defende a chamada imunização de rebanho.

Comentários