Atriz de Smallville será presa por participação em culto sexual

Jemal Countess/Getty Images


A atriz Allison Mack, que interpretou a personagem Chloe Sullivan na série Smallville, foi condenada a três anos de prisão por ter participado de um culto sexual conhecido como NXIVM. Segundo o site Vulture, a sentença também inclui uma multa de US$ 20 mil, aproximadamente R$ 100 mil na cotação atual. Antes, a artista chegou a ser presa e desenbolsou uma fiança equivalente a 28 milhões de reais para aguardar o julgamento em liberdade.

Segundo as acusações, Allison era responsável por recrutar jovens garotas para participarem do culto, que também funcionaria com esquema de pirâmide. Quem não conseguisse recrutar novos membros, era espancado e tatuado com ferro e fogo.

Recentemente, ela enviou uma carta aberta ao site The Hollywood Reporter, onde falou pela primeira vez sobre o assunto e pediu perdão pelos crimes que cometeu. “Agora, é de suma importância para eu dizer, do fundo do meu coração, eu sinto muito. Eu me joguei nos ensinamentos de Keith Raniere com tudo que eu tinha”, disse ela, citando o chefe da seita, que foi sentenciado em 120 anos de prisão.

“Acreditava, de todo o coração, que sua orientação estava me levando a uma versão melhor e mais iluminada de mim mesma. Dediquei minha lealdade, meus recursos e, em última análise, minha vida a ele. Este foi o maior erro e arrependimento da minha vida”
, prosseguiu.

As acusações contra Allison começaram a surgir em meados de 2018. No ano passado, uma das vítimas, contou que foi obrigada a seduzir o líder da organização, que tinha Alisson tinha como aliciadora, cujo objetivo era recrutar mulheres para serem escravas sexuais.

“Uma das primeiras ordens de Allison foi seduzir Keith. Na época, eu acreditava que [a seita] era um lugar onde eu poderia lutar contra o medo e a vulnerabilidade. Isso é o que me disseram que era a missão. Eu queria acreditar em Allison”, contou India ao site da revista People.




Fonte:Metrópoles

Comentários