Corpo de pastor desaparecido há quatro dias é encontrado às margens da BR-222 no Maranhão

Corpo de pastor desaparecido há quatro dias é encontrado — Foto: Divulgação/PRF


O corpo do pastor Moisés Gomes Lopes, de 56 anos, que estava desaparecido desde o dia 1º de julho, foi encontrado na tarde de domingo (4), na altura do km 485 da BR-222, entre Santa Luzia (do Tide) e Buriticupu.


O pastor Moisés viajava de Santa Rita para a cidade de Imperatriz em uma motocicleta HONDA/XRE 190, cor prata, placa do Maranhão. Moisés viajava para Imperatriz para participar do casamento de uma filha. A cerimônia seria realizada neste domingo, dia do achado do corpo.

O corpo e a motocicleta foram encontrados em um abismo, ocultado por mato e capim.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foi cogitada a possibilidade de que o pastor havia sido vítima de latrocínio, mas após o corpo ser achado, a PRF constatou que ele havia sofrido um acidente de trânsito.

A PRF informou que, no dia do desaparecimento, o pastor Moisés fez contato com a família em Santa Luzia (do Tide), distante 90 quilômetros onde o corpo foi encontrado.

A família do pastor iniciou as buscas por ele após observar, por um sistema de monitoramento eletrônico, a passagem de Moisés Gomes, na manhã de quinta (1º), e confirmar que ele não chegou a passar por Buriticupu.

Os familiares e amigos passaram a fazer buscas em determinado trecho da rodovia e acabaram encontrando ele poucos quilômetros após o povoado Ferro Velho.

As primeiras informações dão conta que a vítima estava com o capacete quebrado e o crânio fraturado, o que indica que Moisés sofreu um forte impacto na cabeça, o qual não se sabe ainda se por conta de uma colisão com outro veículo ou se por algum objeto fixo no momento da queda na ribanceira.

Foto: Divulgação/PRF

O acidente aconteceu em uma reta. A PRF destacou que, observando situações semelhantes de acidentes, é possível que a vítima tenha tentado desviar de algum veículo, de um animal, que tenha dormido, tenha tido problema mecânico, distração, mal súbito, entre outras possibilidades.

Foto: Divulgação/PRF

Por volta das 19h deste domingo, o corpo foi removido do local por uma funerária e levado para a cidade de Buriticupu, onde será preparado para o sepultamento.





Fonte:G1

Comentários