Gestores de unidades da rede estadual de saúde reúnem estratégias para melhorias no atendimento à população

 

Na oportunidade, os diretores clínicos reuniram estratégias para aperfeiçoar o atendimento nas unidades. (Fotos: Laecio Fontenele)

Com o objetivo de aperfeiçoar o atendimento às pessoas que procuram as unidades estaduais de saúde na capital, diretores clínicos de unidades administradas pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH) reuniram, nesta semana, estratégias que podem aumentar a produtividade nas unidades. A iniciativa visa promover melhorias em espaços como as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), que têm atuado como porta de entrada para o atendimento aos pacientes com a Covid-19.

“Nos reunimos para planejar esse segundo semestre, considerando uma nova realidade trazida pela pandemia. Temos como objetivo aumentar a produtividade nas nossas unidades, entregar mais serviços públicos de saúde. Os diretores clínicos são peças fundamentais para que todo esse planejamento estratégico se torne realidade”, ressaltou o presidente da EMSERH, Marcos Grande.

Na oportunidade, os diretores clínicos reuniram estratégias para aperfeiçoar o atendimento nas unidades. “Reuniões como esta são de suma importância para o crescimento da nossa rede. Com esses encontros, a gente busca uma uniformidade de toda rede de saúde. Debatemos sobre protocolos e aperfeiçoamos esses protocolos, proporcionando um melhor atendimento e maior segurança à população”, pontuou o diretor clínico do Hospital de Cuidados Intensivos (HCI), Marcos Granjeiro.

Diretor clínico da EMSERH, o médico Fernando Couto, reforçou a importância de discutir conjuntamente melhorias no funcionamento da assistência em saúde. “Estaremos entregando alguns equipamentos novos de saúde neste segundo semestre junto com a Secretaria de Estado da Saúde e, para isso, precisamos da opinião de todos, de como esses serviços poderiam melhor atender à população maranhense. Trazendo rotineiramente esse debate para esse coletivo de líderes, as decisões serão mais efetivas”, reforçou.

O assessor técnico especial da SES, Rodrigo Lopes, acompanhou as discussões. “Essa aproximação com os diretores das unidades é de suma importância para que a gente tenha certeza que tudo aquilo que a gente planeja na EMSERH e na Secretaria de Saúde seja de fato executado lá, promovendo melhorias no atendimento à população”, ressaltou.

Comentários