Idoso é preso após abusar de jovem deficiente e engravidá-la

Reprodução/Foto ilustrativa

Um homem de 65 anos foi preso por abusar sexualmente de uma jovem com paralisia cerebral em Planaltina, no Distrito Federal. Segundo a Polícia Civil, a vítima chegou a engravidar do agressor, e um exame de DNA comprovou a paternidade.

As investigações apontam que o idoso praticou estupro de vulnerável por cerca de seis meses, entre julho e dezembro de 2020. O delegado-chefe da 35ª DP, Laércio de Carvalho, informou que o idoso trabalhava na empresa da família da vítima e que se aproveitou da confiança e do acesso facilitado à residência dela para praticar os abusos.

“Em face da reiteração dos abusos sexuais, a vítima veio a engravidar. Realizado o exame de DNA, ficou confirmada a paternidade do filho aguardado pela vítima. Portanto, diante dos fatos e provas, o idoso de 65 anos não teve como negar a autoria do crime”, afirmou Laércio.

Se condenado o criminoso poderá ser submetido a uma pena de até 15 anos de reclusão.






Fonte:Metrópoles

Comentários