Produtor que ameaçou atrizes sugeria gravar cenas de estupro: "Vou te caçar que nem um animal"



Após o relato da atriz de 22 anos, moradora de Praia Grande, no litoral de São Paulo, que contou que um produtor enviou áudios dizendo que iria 'caçá-la' após ela recusar uma proposta de trabalho, o G1 localizou outras jovens que também sofreram ameaças verbais e ofensas em situações parecidas com o mesmo homem. Em um dos casos, o homem chegou a sugerir gravar uma cena de "estupro" com a vítima "mostrando de perto o rosto dela durante o ato".

Uma delas é uma atriz de 17 anos que disse à reportagem, nesta segunda-feira (5), que também registrou boletim de ocorrência por ameaça e injúria contra o homem que se diz produtor. "Ele entrou em contato comigo pelo Instagram e vi a mensagem semana passada. Quando respondi, ele informou que era uma proposta de audiovisual para participar de uma série que iria começar a ser gravada agora em agosto", relata.

Ela conta que se interessou pela oportunidade, avisou a mãe, e passou o contato ao homem, que enviou para ela o script da série. "Só que ele começou a fazer perguntas estranhas, se eu tinha estria, celulite e cicatriz. Nessa hora, minha mãe começou a se preocupar e achar estranho", relembra.

Depois, a adolescente recebeu uma ligação do produtor. "Ele ficou me bajulando para me convencer, falando que eu era linda e carismática, que tinha rosto internacional e precisava conhecer o mundo."

A atriz passou a estranhar a atitude do homem e resolveu não aceitar mais a proposta. Porém, assim como aconteceu com outra jovem, a adolescente passou a ser ofendida e ameaçada pelo suspeito. "Depois que ele me ligou parei de respondê-lo. No outro dia, ele mandou mensagem dizendo 'oi minha top, tudo bem?' e respondi formalmente que não tinha interesse de trabalhar com ele agora, mas agradeci a proposta. Nessa hora, ele começou a me xingar", conta.

Segundo a jovem, o produtor disse que a "mãe dela era fracassada", que a adolescente era "favelada", "não tinha caráter", além de usar diversas palavras de baixo calão e ameaçar destruir a carreira dela.

Após o ocorrido, ela postou sobre o que passou e o vídeo teve grande repercussão, chegando a outras mulheres que a disseram também terem sido vítimas do mesmo homem. A adolescente então registrou boletim de ocorrência sobre o caso.

"Ele é muito perigoso. Eu levei um susto ao passar por essa situação, foi um baque. Quando isso tudo aconteceu eu passei o resto do dia sem comer. E como meu relato sobre o ocorrido chegou a tantas mulheres e muitas me procuraram, acho que expor isso é uma questão de dar força para outras meninas que passarem por isso também não se calarem", finaliza.

Proposta com cenas de estupro

Outra jovem atriz publicou em seu perfil pessoal no Instagram um relato semelhante ao das duas outras meninas. Ela diz que, ao ver o relato da jovem nas redes sociais, tomou coragem para expor o seu próprio caso.

"Ele começa a te ganhar com a proposta. De início eu já achei estranho, porque sempre acho estranho quando chega proposta no direct [mensagens privadas no Instagram]. Isso é uma coisa que eu aprendi, quando você quer algo mais formal, envie um e-mail", diz no desabafo.

Ela diz que, após o primeiro contato, eles fizeram uma ligação por voz. "Tudo muito esquisito. Ele fala mal de outras atrizes, chama de vagabunda, fala que elas se acham e tal. Segurei minha onda pra ver até onde ele iria", relata.

O homem chega ao ponto de explicar sobre seu projeto e diz que, no meio da série, haverá um episódio com cena de estupro. "Na segunda temporada dessa série, existe uma proposta de cena de estupro, e eu quero mostrar bem o rosto da vítima [...], quero que mostre como ela perdeu algo de dentro dela", teria dito à jovem.

"A gente não precisa vivenciar e ver mais uma cena de estupro. Acho que não existe licença poética pra isso", opina a atriz no desabafo. "Arte é política [...] a gente precisa se responsabilizar pelas nossas escolhas".

"Ele brinca com o sonho das pessoas", disse. Quando recusou a proposta, ela diz que passou a ser xingada pelo suposto produtor. "Ele me ameaçou. Disse que, se me encontrasse, eu seria espancada", conta. "Disse que eu enganei ele".

Assim como nos outros casos, após enviar os áudios com as ofensas e ameaças, o suposto produtor apagou as mensagens. Ela conta que tentou registrar um boletim de ocorrência em uma delegacia, mas não conseguiu. Ela recebeu, ainda, orientação para registrar o caso na Delegacia Especializada de Crimes Cibernéticos, mas preferiu não seguir com a denúncia.

"Vou te caçar que nem um animal"

Uma atriz de 22 anos de Praia Grande, que preferiu não se identificar, foi ofendida e ameaçada pelo suposto produtor de séries ao recusar uma proposta de trabalho feita pelas redes sociais.

Ao G1, a atriz contou que o primeiro contato entre os dois foi no dia 23 de junho, quando ele mandou uma mensagem privada para ela por uma rede social. O homem pediu o número pessoal dela para apresentar uma proposta de trabalho.

A proposta consistia em pagar, pela participação dela, cerca de R$ 1 mil por episódio, em uma série de 20 episódios. No entanto, a atriz desconfiou do homem, já que ele estava forçando um trâmite de negociações por mensagens e não por e-mail, como normalmente é feito por empresas sérias. "Achei tudo aquilo muito estranho", disse.

Suposto produtor envia ameaças em áudio após atriz recusar proposta

A suspeita da atriz se confirmou quando, na semana seguinte, ela disse que já tinha compromissos marcados para os dias das supostas gravações e que teria que rejeitar a nova proposta de trabalho. O homem passou a ofendê-la. De início, ele a chamou de "metida", "arrogante" e insistiu que ela organizasse a própria agenda para conseguir trabalhar em diversas funções.

No entanto, ao ser bloqueado pela atriz, o produtor começou a mandar áudios, por outro número, desta vez com ameaças. "Eu juro que vou te achar e a gente vai resolver cara a cara, você não vai gostar das consequências. Você brincou com o meu trabalho", disse em um dos áudios. Ela também registrou uma ocorrência por injúria e ameaça na Delegacia da Mulher de Praia Grande, que acompanha o caso.

O G1 tentou contato com o produtor através dos números que ele usou para mandar as mensagens para a atriz mas, até a última atualização desta matéria, não obteve retorno.

Suposto produtor de séries fez ameaças a atriz e modelo após recusa de trabalho — Foto: G1 Santos
Fonte:G1

Comentários