Vigilância Sanitária do Estado realiza mais de 6 mil autuações em fiscalizações de combate à Covid-19


A Superintendência de Vigilância Sanitária (SUVISA), órgão ligado à Secretaria de Estado da Saúde (SES), segue atuando diariamente em fiscalizações de festas, bares e restaurantes, bem como outros estabelecimentos que devem observar os decretos e protocolos sanitários. As ações de combate à Covid-19 neste ano, também motivadas por denúncias, já resultaram em 6.006 autuações, entre multas e interdições sanitárias.

“O acesso à vacina tem dado às pessoas a falsa ideia de que a pandemia está resolvida. É importante lembrar que, mesmo com a vacina, todos os cidadãos precisam continuar cumprindo as medidas básicas de
proteção para mantermos o controle da doença, evitando que os números ultrapassem a capacidade de assistência médica hospitalar existente no Maranhão”, ressalta o superintendente da SUVISA, Edmilson Diniz.

As mais de seis mil autuações resultaram de inconformidades como a ausência de itens de controle e higienização e de cartaz com instruções; do desrespeito ao distanciamento social; da não disponibilização de álcool em gel; de grandes aglomerações; e do não-uso de máscara. Também foram observados desrespeito ao distanciamento entre cadeiras e mesas e falta da circulação de ar com ventilação natural.

De acordo com o mais recente Boletim Informativo da SUVISA, referente às ações no enfrentamento a Covid-19, foram realizadas, em 2021, 13.280 ações para apuração de denúncias de riscos e agravos decorrentes da Covid-19. Entre as autuações, foram 72 multas e 94 interdições sanitárias de estabelecimentos reincidentes ou que se recusaram a cumprir os decretos estaduais. Só em bares e restaurantes foram 2.191 fiscalizações.

Entre as localidades que mais foram fiscalizadas estão Centro, São José de Ribamar, Calhau, Litorânea, Cohatrac, Cohab, Cohama e Turu.

As fiscalizações seguem sendo realizadas diariamente, nos três turnos, incluindo sábados, domingos e feriados, tendo como foco a verificação dos protocolos sanitários de enfrentamento à pandemia da Covid-19 vigentes.

As denúncias sobre o descumprimento das medidas restritivas podem ser realizadas pelo telefone da Ouvidoria da Secretaria de Estado da Saúde (SES), no número 160; ou pelos números (98) 98451-354, da PMMA, e (98) 99207-7468, do Procon.

Medidas

Em coletiva realizada nesta sexta-feira (2), o governador Flávio Dino anunciou novas medidas que devem ser cumpridas, entre elas está a restrição de 150 pessoas em eventos em todo o estado, bem como o funcionamento de bares e restaurantes e a realização de eventos até às 0h na Grande Ilha.

Também na Ilha de São Luís, a capacidade de supermercados, academias, salões, bares e restaurantes foi ampliada para 70%. As medidas estão vigentes até 12 de julho.

Comentários