MP recomenda retirada de outdoors com publicidade de cachaça em São Luís


O Ministério Público do Maranhão emitiu, na quarta-feira (4), uma Recomendação a indústria São Braz Agroindustrial Eireli, pela publicidade da cachaça "Chave de Ouro" veiculada em diversos outdoors da capital.

O Ministério Público do Maranhão recomendou a retirada da publicidade de todos os outdoors exibidos em São Luís no prazo de 15 dias.

Na avaliação da representante do MPMA, a veiculação da imagem de uma modelo com traje de banho, com a mensagem “Ela vai com tudo” é uma publicidade abusiva, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor.

Lítia Cavalcanti, na Recomendação, destacou que a “mensagem ambígua contida na publicidade em questão, apresenta forte apelo sexual, no sentido de objetificar a mulher, promovendo uma associação odiosa entre o corpo feminino e objetos de consumo, caracterizando, assim, uma discriminação de gênero”.

Ela alertou, ainda, que a Recomendação tem natureza preventiva e corretiva, com objetivo de garantir o cumprimento da legislação vigente e evitar a responsabilização cível, administrativa e criminal da fabricante.

Cavalcanti destacou, ainda, que o Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária (Conar), que trata sobre as normas éticas publicitárias das bebidas alcoólicas, adota o princípio do consumo com responsabilidade social, determinando que eventuais apelos à sensualidade não devem constituir o principal conteúdo da mensagem e que “modelos publicitários jamais devem ser tratados como objeto sexual”.



Fonte:Centraldenoticias

Comentários