Pacientes reclamam de demora e falta de atendimento na UPA da Cidade Operária, em São Luís

Homem desmaiou na fila de espera na UPA. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Pacientes da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade Operária, em São Luís, denunciaram a demora no atendimento e da falta de médicos no local. Um homem, não identificado, chegou a desmaiar na fila de espera.

Segundo a paciente Ana Cristina, apenas dois médicos estavam de plantão e um deles se recusava a atender, pois, segundo ele, estava com falta de pagamento há quatro meses.

“Eu perguntei: mas a gente tem culpa? E ele disse que não ia atender ninguém e ele ficou até agora sem atender”
, disse Ana.

A Secretaria de Estado da Saúde disse que e atendimento ontem foi normal e que mantém três clínicos gerais e dois pediatras de plantão, mas não foi isso que os pacientes ficaram sabendo. A paciente Elisangela do Nascimento chegou por volta de meio dia e até as 18h ainda não tinha previsão de quando seria atendida.

“A gente passa mal, morre e eles não fazem nada. É um descaso com o ser humano”,
disse.

A Secretaria de Estado da Saúde afirmou que não há atraso no pagamento dos médicos contratos da UPA da Cidade Operária e prometeu fazer uma sindicância para apurar a denúncia.



Fonte:G1

Comentários