Recadastramento online de aposentados, reformados e pensionistas do Estado é autorizado; edital e prazos serão divulgados em breve

Reprodução

Aposentados, reformados e pensionistas do Estado poderão fazer o seu recadastramento pela internet. O Decreto Estadual nº 36.920, publicado esta semana no Diário Oficial do Estado, aponta o cenário causado pela pandemia do Covid-19, bem como os atuais avanços tecnológicos, como os principais motivos para a medida.

O presidente do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Maranhão (Iprev), Mayco Pinheiro, explicou que o recadastramento será feito por faixa etária, com datas e prazos especificados em editais que serão lançados posteriormente. Quando iniciar o prazo, o cadastro das informações será feito por um sistema online específico, confeccionado pela equipe do Iprev. “É importante que os aposentados, reformados e pensionistas já comecem a se preparar para este momento, reunindo e atualizando seus documentos de identificação e dos seus dependentes. O primeiro edital deverá ser divulgado dentro das próximas semanas”, afirmou o presidente. 

Obrigatoriedade

O recadastramento é de caráter obrigatório. Os beneficiários que não atualizarem os seus dados dentro do prazo devido estão sujeitos à suspensão e até mesmo ao cancelamento do benefício. Para facilitar o acesso dos segurados e evitar aglomerações em postos de atendimento, o Iprev está desenvolvendo uma ferramenta on-line, que será disponibilizada no site do Instituto e poderá ser acessada de qualquer computador ou telefone celular conectado à Internet.

A realização do recadastramento de forma online é parte, ainda, das iniciativas desenvolvidas pelo Instituto, com o objetivo de modernizar e simplificar processos, melhorando o atendimento aos segurados sem prejuízo da segurança e do rigor na análise dos processos. Nesse sentido, o Iprev já implantou o Sistema de Perícias Médicas, o Sistema de Pensão e o Sistema de Recadastramento Interno. As plataformas tiveram impacto significativo no tempo de concessão dos benefícios previdenciários – êxito que o Iprev espera repetir no recadastramento dos beneficiários.

“Estamos finalizando ajustes de segurança para garantir que essa ferramenta seja simples de usar e, ao mesmo tempo, capaz de garantir a exatidão e fidedignidade dos dados que forem transmitidos”, concluiu Mayco Pinheiro.

Comentários