Ex-jogador é sequestrado e morto com 10 tiros

Willian Santana, de 21 anos, é ex-zagueiro do Sinop Futebol Clube, e foi rendido por quatro homens na frente de uma casa em Sinop, Mato Grosso


O jogador de futebol Willian Santana, que era zagueiro do Sinop Futebol Clube, foi sequestrado e executado na noite da última quinta-feira (16/9), em Sinop, no norte de Mato Grosso. De acordo com as investigações, o crime foi determinado pelo Comando Vermelho.

Segundo o portal RD News, a vítima, de 21 anos, e namorada foram abordados na frente de uma casa, onde iriam se trocar para participarem de um casamento. Os suspeitos estavam dentro de um carro, e um deles estava encapuzado.

Em depoimento, um dos presos em flagrante pela Polícia Militar afirmou que uma mulher ligada ao Comando Vermelho teria alegado a faccionados que o jogador a estuprou. Segundo a polícia, o atleta foi morto com 10 tiros.

“Ela é ligada a organização criminosa, passou essa situação a eles que mandaram matá-lo. Segundo eles, a motivação foi essa, mas saber se houve mesmo essa situação narrada por ela aos integrantes do crime organizado, não sabemos, e vamos investigar”, disse o delegado Bráulio Cunha Junqueira.

O corpo de Willian foi encontrado em uma região de mata, próximo a um rio, às margens da BR-163, a 500 km de Cuiabá.

“Vamos localizar essa mulher e mais dois participantes do homicídio. O que sabemos é que ela quem apontou quem era a vítima e contou essa história. Agora vamos confirmar se ela inventou essa história de estupro. De qualquer forma, o Willian morreu de graça”, prosseguiu o delegado.



Fonte:Metrópoles 

Comentários