Filipino infectado pela variante Delta do coronavírus segue em estado grave em São Luís

Navio que trouxe filipino com Covid-19 segue proibido de atracar no Maranhão — Foto: Divulgação


O tripulante filipino que foi levado para um hospital particular de São Luís segue em estado grave, após testar positivo para Covid-19 com a variante Delta do coronavírus. O nome do paciente não foi divulgado.

O navio MV SAGITTARIUS saiu da África do Sul em 31 de julho com 19 pessoas, a maioria de origem filipina, além de um tripulante russo e outro da Geórgia. Após chegar na costa maranhense, o navio ficou em uma área de fundeio e não chegou a atracar.

Segundo o governo, após a confirmação da variante Delta, todas as pessoas que tiveram contato com o filipino foram rastreadas e monitoradas, e nenhum caso a mais foi confirmado. O período de quarentena dos tripulantes do navio já se encerrou e eles foram liberados pela Anvisa para seguir viagem.

Variante Delta do Maranhão

Nesta quinta-feira (23), Sergipe registrou mais três casos da variante Delta do coronavírus, assim como vários outros estados do país. Próximos ao Maranhão, o Pará e o Ceará também já confirmaram a presença da variante Delta, que foi detectada primeiramente na Índia.

Apesar disso, o governo estadual diz que não há circulação da Delta em território maranhense. Até o momento, foram confirmados oito casos importados da variante, que vieram em navios, incluindo o caso do filipino. Dentre esses casos, um tripulante indiano foi internado em um hospital particular de São Luís e morreu 43 dias depois.




Fonte: G1MA

Comentários