Caçador que atuou nas buscas por Lázaro é preso suspeito de estupro

Hugo Barreto/Metrópoles

Goiânia – O caçador José Marcos Rodrigues Pereira, mais conhecido como “Babaçu”, foi preso em flagrante pela Polícia Civil de Goiás nessa segunda-feira (25/10), suspeito de estuprar uma adolescente. Ele ganhou fama depois de ter ajudado policiais nas buscas pelo criminoso Lázaro Barbosa, em junho deste ano no Entorno do Distrito Federal.

A prisão ocorreu em São Miguel do Araguaia, no norte de Goiás, a cerca de 500 km de Goiânia. Segundo as investigações, Babaçu teria presenteado e assediado uma adolescente com menos de 16 anos, com o intuito de ter relações sexuais com ela. Depois dela não aceitar a proposta por várias vezes, o caçador a teria violentado na madrugada do dia 25/10.

Hugo Barreto
Hugo Barreto

De acordo com a polícia, o caçador ameaçou tomar o celular da vítima e abandoná-la a mais de 20 quilômetros de casa. Depois do estupro, ele teria ameaçado a vítima para que ela não o denunciasse.

Fuga e ameaça


José Marcos teria tentado fugir algemado da prisão, que não possui cela, e até ameaçado um dos policiais. Na época das buscas por Lázaro, Babaçu foi flagrado pelo Metrópoles com um colete balístico, no meio de policiais da força-tarefa.

Lázaro Barbosa foi um criminoso acusado de vários homicídios, entre eles a chacina de quatro pessoas da mesma família, no Incra 9, em Ceilândia (DF). Policiais de Goiás e do Distrito Federal realizaram uma grande operação de 20 dias na busca pelo criminoso, que terminou morto em 28/6.




Fonte: Metrópoles

Comentários