Prefeito dá garrafada em estudante e tem áudio homofóbico vazado (vídeo)


Prefeito de São Domingos, Cleiton Martins (Foto: Reprodução)

247 - O prefeito de São Domingos (GO), Cleiton Martins (PL), é suspeito de quebrar uma garrafa na cabeça do assessor parlamentar Robertth Moreira, de 24 anos. De acordo com um áudio vazado, o chefe do executivo municipal faz ataques homofóbicos ao assessor e afirma que vai dar o órgão sexual para o funcionário filmar. O caso ocorreu na madrugada do último domingo (10).

De acordo com informações do jornal O Popular, Robertth conta que entrou no bar acompanhado de um amigo e o prefeito teria feito comentários homofóbicos. Quando ele pegou o celular para filmar, Cleiton deu um soco em sua mão.

Pelas imagens, um homem de camiseta cinza, que seria filho do prefeito, atravessa a rua e agride o assessor parlamentar. Em seguida, mais pessoas entram na briga.

O assessor, que trabalha na bancada de oposição ao prefeito, leva uma garrafada na cabeça e depois é atingido por uma cadeira. Uma das pessoas que está gravando afirma que o prefeito Cleiton Martins aparece nas imagens agredindo o assessor.

Robert levou cinco pontos no pescoço e também teve cortes na cabeça, na orelha e no rosto. O estudante foi atendido em uma unidade de saúde da cidade e diz que Cleiton foi ao local para tentar intimidá-lo.

O prefeito afirma que Robert é adversário político e acusa o estudante de atuar para difamar ações de seu mandato. "Ele foi me filmar e me provocar na minha mesa. Pedi para ele parar com isso. E ele começou a me desacatar do nada, me chamar de corrupto, de ladrão, de corno. A gente está sempre prefeito, mas perde as estribeiras", conta.

O chefe do executivo diz que registrou ocorrência contra Robert. O prefeito afirma que também foi ao hospital e está com o olho roxo. "Prego a paz e a alegria, mas tenho filho e amigos e preciso defender minha honra", diz.

 


Comentários