Moradores protestam por mais segurança após morte de jovem assassinado por engano no MA

Protesto foi realizado nesse final de semana em Central do Maranhão — Foto: Reprodução/ TV Mirante


Moradores de Central do Maranhão, cidade localizada a 173 km de São Luís, realizaram um protesto cobrando mais segurança no município no fim de semana, por conta da morte de um jovem identificado como Thalys Domingos Pavão Costa, de 21 anos de idade, assassinado com 13 tiros na última terça-feira (2).

No protesto, moradores pediam justiça pela morte de Thalys. Vestindo branco, a população assegura que o jovem foi assassinado por engano e teria sido confundido com outro rapaz. De acordo com os moradores, a cidade passou 30 dias sem policiamento. No entanto, após a morte do rapaz, o policiamento foi reforçado.

O assassinato de Thalys Domingos está sendo investigado pela delegacia de Mirinzal, a 196 km da capital. A polícia já prendeu quatro suspeitos envolvidas no crime.

Thalys Domingos Pavão Costa tinha 21 anos e foi alvejado com 13 tiros em Central do Maranhão — Foto: Reprodução/TV Mirante


Fonte:G1MA

Comentários