Homem picha 'I love you' na parede de quarto após matar namorado

Luís Felipe Messias Costa, à esquerda, responderá por homicídio qualificado — Foto: Divulgação/PC-PR


Curitiba -Luís Felipe Messias Costa, de 29 anos, confessou à polícia, nesta quinta-feira (23), ter vendido por R$ 600 o carro do namorado, Onírio Carlos Silvestre, de 59 anos, morto a facadas no dia 15 de dezembro, em Curitiba. Costa, que admitiu o assassinato, pichou "I love you" na parede do quarto após cometer o crime.

De acordo com Tathiana Guzella, delegada da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Costa disse que, após fugir da cena do crime com o carro da vítima, ele vendeu o veículo por R$ 500. O receptador, já identificado, pagou um “bônus” de R$ 100.

“Ele pediu R$ 500, mas o homem pagou R$ 600 como bônus. Depois disso ele ficou em uma 'biqueira', mas não contou com quem e não disse onde. Disse que só estava fazendo festa”.

Carro do professor foi levado pelo namorado após o crime — Foto: Divulgação/PC-PR

A delegada informou que o veículo foi encontrado queimado na noite de quarta, em Ponta Grossa, e passa por perícia nesta quinta.

Inquérito


Costa foi indiciado pela Polícia Civil nesta quinta. O inquérito foi finalizado durante a manhã e o Ministério Público tem cinco dias para apresentar denúncia.

Segundo Tathiana, o homem responderá por homicídio qualificado, com qualificadoras de motivo fútil, dificuldade de defesa da vítima, falsidade ideológica, fraude processual, além de furto.




Fonte: G1

Comentários