SINPROESEMMA emite nota de repúdio à prisão de Rodoviários




O SINPROESEMMA repudiou ação que conduziu representantes dos rodoviários, à sede da PF em São Luís, confira!


 Nota de repúdio,

O SINPROESEMMA repudia a prisão arbitrária dos representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Maranhão - STTREMA.


O SINPROESEMMA repudia veementemente, condução para Superintendência da Polícia Federal, na tarde deste sábado (19), dos três membros da diretoria do Sindicato dos Rodoviários, de forma arbitrária, por não haver indícios ou elementos que aponte atos imputáveis de crime por parte dos representantes da categoria. 

 O direito à greve é fundamental em uma sociedade democrática e justa. Esse episódio só demonstra a truculência, por parte da Guarda Municipal de São Luís, e autoritarismo das autoridades. Não preservar o direito à paralisação, leva a construção de uma sociedade baseada no medo, e de pensamento unilateral, remontando à situações que levaram outras sociedades em direção à um Estado Fascista e, para que isso não ocorra mais em nossa cidade, exprimimos nosso repúdio a tal ação, que culminou com reclusão dos rodoviários, ato que para além do constrangimento, os impediu de exercer seus direitos de cidadãos e de livre manifestação. Por isso, o SINPROESEMMA, reafirma nosso total repúdio aos fatos ocorridos.


São Luis, 19 de fevereiro de 2022, 

A Direção,
Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Educação do Maranhão.

Comentários