Mais de 100 brasileiros querem se alistar no Exército da Ucrânia

Brasileiros que vivem na Ucrânia desejam se alistar para o combate. (Foto: Defesanet)


O encarregado de negócios da Ucrânia no Brasil, Anatoliy Tkach, afirmou que a embaixada já recebeu mais de 100 pedidos de brasileiros que querem se alistar no Exército ucraniano. Sem dar a quantidade exata de cartas recebidas, o diplomata disse que a embaixada da Ucrânia não consegue atender ao número de demandas.

“São mais de 100 cartas, não conseguimos responder a todas elas”, disse Tkach.


Apesar da boa vontade dos voluntariados, o diplomata destacou que é preciso ter experiência militar e falar pelo menos inglês fluentemente para ser recrutado pela legião estrangeira das forças armadas ucranianas. Além disso, Tkach esclareceu que só é possível realizar o alistamento em solo ucraniano.

Quando questionado se existe uma idade mínima para fazer o alistamento, o diplomata se limtou a responder que “com 18 anos a pessoa ainda não tem experiência”.





Fonte:Correio Braziliense

Comentários