Após goleada sofrida pelo Castanhal, técnico do Moto diz que seu time foi superior e adversário "soube ser cirúrgico"

Derrotado por 3 a 0 pelo Castanhal, o Moto por muito por pouco não saiu com o resultado ainda mais elástico no estádio Diogão, nesse domingo, na sua estreia no Campeonato Brasileiro da Série D. Apesar do placar, o técnico da equipe rubro-negra, Júlio César Nunes, considerou que a equipe maranhense foi superior na partida.

Para o treinador, faltou eficiência para o Moto durante o jogo e ainda, segundo ele, o Moto teve "várias chances". Segundo Nunes, o o Castanhal venceu a partida por ter sido "cirúrgico".

"Fomos superiores ao adversário, mas não tivemos a eficiência de fazer o gol. Criamos várias chances, mas não concretizamos em gol. O que acarretou que a gente ficou um pouco mais exposto ao contra-ataque do adversário, que é a arma principal: a transição ofensiva rápida. Mérito do adversário que soube ser cirúrgico e nós não tivemos eficiência", afirmou o treinador do Moto. 

Júlio César Nunes, técnico do Moto Club — Foto: Paulo Soares / Grupo Mirante

Fonte: https://ge.globo.com

Comentários