AUXÍLIO BRASIL: Pagamentos de até R$ 600 retornam nesta segunda (25); confira o calendário Bolsa Família 2022

O Auxílio Brasil foi criado no fim de 2021 para ficar no lugar do antigo programa Bolsa Família - FOTO: MARCELO APRÍGIO/JC

Milhares de pessoas voltam a receber o Auxílio Brasil de R$ 400 nesta segunda-feira (25). Porém, o que muita gente não sabe é que existem parcelas extras que podem ser acrescentadas ao benefício.

Essas parcelas extras do Auxílio Brasil, também conhecido como Bolsa Família 2022, são uma 'mão na roda' para muitas pessoas.


AUXÍLIO BRASIL, ANTIGO BOLSA FAMÍLIA

O Auxílio Brasil foi criado no fim de 2021 para ficar no lugar do antigo programa Bolsa Família.

Desde então, mais de 18 milhões de famílias vêm sendo beneficiadas pelo Auxílio Brasil.

QUEM PODE RECEBER O AUXÍLIO BRASIL? COMO SABER SE POSSO RECEBER AUXÍLIO BRASIL?

Para receber o Auxílio Brasil, também conhecido como Bolsa Família 2022, é preciso fazer parte de alguma das seguintes categorias:

  • Famílias em situação de pobreza

  • Famílias em situação de pobreza extrema;

  • Famílias em regra de emancipação.

As famílias em situação de pobreza são aquelas que possuem renda familiar mensal por pessoa entre R$ 105,01 e R$ 210,00.

Já as que estão em situação de pobreza extrema, possuem renda familiar mensal por pessoa de até R$ 105,00.

COMO SE CADASTRAR NO AUXÍLIO BRASIL?

Para os que desejam saber como se cadastrar no Auxílio Brasil, a resposta é simples: através do CadÚnico.

O Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal é responsável pela inscrição das famílias no Auxílio Brasil.

Recentemente, o Governo liberou a opção de cadastro Auxílio Brasil pela internet. 

PARCELA EXTRA DO AUXÍLIO BRASIL; AUXÍLIO BRASIL DE 600

A parcela extra de R$ 200 está sendo liberada em conjunto com os R$ 400 fixos do programa.

Sendo assim, as famílias podem receber um Auxílio Brasil de 600 reais (R$ 400 + R$ 200).

Essa parcela extra tem o objetivo de estimular a entrada dos beneficiários no mercado de trabalho.

Portanto, o valor de R$ 600 será pago às famílias que possuem algum integrante trabalhando com carteira assinada.

De acordo com o ministro João Roma, o pagamento deverá ser concedido nos dois primeiros anos de contrato até que o empregado se consolide em sua profissão.
Auxílio Inclusão Produtiva Urbana

O Auxílio Inclusão Produtiva Urbana é uma oportunidade extra de ajuda para as famílias com membros que trabalham formalmente - com carteira assinada.

Para receber a parcela extra de R$ 200 do Auxílio Inclusão Produtiva Urbana será preciso:
Trabalhar com carteira assinada;

Estar inscrito no Auxílio Brasil;

Comprovar que está trabalhando.

Vale lembrar que o valor total de R$ 600 (R$ 400 + R$ 200) é pago no mês seguinte à comprovação do vínculo empregatício.

Ou seja, quem conseguiu emprego em março, poderá receber a parcela de R$ 600 neste mês de abril.

CALENDÁRIO BOLSA FAMÍLIA; CALENDÁRIO AUXÍLIO BRASIL

O pagamento do Auxílio Brasil do mês de abril está sendo liberado desde o dia 14.

Confira abaixo quando irá receber.

Fonte: Radiojornal

Comentários