Prefeito Eduardo Braide participa do Webinar RCD Cidades Inteligentes


O prefeito Eduardo Braide participou do Webinar RCD Cidades Inteligentes. Realizado na manhã desta terça-feira (19), o webinário integrou a programação on-line do Fórum de Cidades Digitais e Inteligentes da Região Central de Minas Gerais organizado pela Prefeitura de Santa Bárbara e a Rede Cidade Digital (RCD). Participaram do painel, prefeitos, gestores públicos e especialistas para a troca de experiências com o objetivo de estimular a modernização dos municípios.

O evento aconteceu de forma híbrida com programação presencial realizada no município de Santa Bárbara (MG) e on-line. O prefeito Eduardo Braide participou do painel virtual Webinar das Cidades Digitais da Região de São Luís, mediado pela jornalista Valdirene Alves.

Em sua apresentação, o prefeito Eduardo Braide compartilhou o novo modelo de atendimento que está sendo implantado na rede municipal de saúde para facilitar o acesso e diminuir o tempo de atendimento à população.

“A experiência que eu quero trazer hoje é a da Clínica da Família. Estamos construindo a primeira de São Luís, localizada na nossa Zona Rural. Percebemos que 80% das demandas de atendimento das nossas unidades básicas de saúde poderiam ser resolvidas de forma mais ágil dentro do conceito de clínicas da família. Por meio da clínica da família, vamos encurtar o caminho da população para o acesso aos serviços de saúde, pois além de todos os serviços que já fazem parte do escopo das unidades básicas, vamos oferecer também consultas com médicos especialistas, exames laboratoriais, eletrocardiograma e ultrassom”, informou o prefeito Eduardo Braide.

Pelo modelo de atendimento em saúde em São Luís, idealizado pela gestão do prefeito Eduardo Braide, a população precisa consultar com um clínico geral em uma unidade básica para pedir as requisições de exames e depois ir para um ponto específico onde é feito o agendamento dos exames solicitados, que são realizados em uma unidade de média complexidade. Após receber os resultados, o paciente retorna ao clínico geral que faz a avaliação e o encaminhamento para um médico especialista, se necessário. A marcação da consulta com um especialista também precisa ser feita em um ponto de marcação específico.

O objetivo da clínica da família é encurtar este caminho e o tempo de resolutividade, pois todos estes serviços ficarão concentrados na própria unidade. “Nós constatamos que grande parte das demandas das unidades de média e alta complexidade de São Luís são decorrentes do agravamento de problemas causados pela hipertensão e diabetes, o que pode ser facilmente evitado, se houver um maior controle e prevenção na ponta dos serviços de saúde e com um atendimento em tempo mais curto. Desta forma, evitamos também a pressão sobre as unidades de média e alta complexidade”, explicou.

Em suas considerações finais, o prefeito Eduardo Braide destacou que “uma cidade para ser inteligente, de fato, precisa ser sustentável, humana e garantir que a população possa ter acesso à maioria dos serviços públicos no próprio bairro ou região onde mora sem a necessidade de se deslocar para as áreas que concentrem estes atendimentos”, disse.

Também participaram do painel virtual Webinar das Cidades Digitais da Região de São Luís, o diretor da RCD, José Marinho; Daniela Schettino, representante do Ministério das Comunicações; Lucas Schmitz, especialista em transformação digital das prefeituras no Aprova Digital; e Fábio Guisso, especialista BIM e Product Manager na AX4B, entre outros gestores municipais.

O encontro realizado pelo Fórum de Cidades Digitais e Inteligentes da Região Central de Minas Gerais reuniu prefeitos, gestores e servidores públicos para fomentar a modernização dos municípios, trazendo informações para auxiliar as prefeituras na implantação de ferramentas que melhorem a eficiência da administração pública.




Comentários