Preso por engano: suspeito de matar homem em farmácia no sábado é solto



O homem preso no último sábado (16), suspeito de matar o inspetor mecânico Flávio Mesquita numa farmácia do bairro Monte Castelo, em São Luís, foi liberado pela Polícia Civil nesta segunda-feira (18). Ele havia sido autuado por latrocínio (roubo seguido de morte).

‘Pateta’, como foi identificado, foi preso após as testemunhas do crime reconhecerem que ele e outro cúmplice assaltaram a farmácia, disparando um tiro que acidentalmente atingiu a vítima, que fazia compras no estabelecimento. Após análise das imagens que registraram o ocorrido, a Polícia declarou que o suspeito preso e o criminoso tem características diferentes.

“Analisamos o vídeo do caso e vimos que não é a mesma pessoa. Às vezes pode acontecer de testemunhas olharem uma pessoa e já apontarem ela como a autora de um crime, mas comprovamos que não era ele, e o suspeito foi solto antes de ir para uma penitenciária”, disse o delegado George Marques.

Flávio foi morto com um tiro nas costas, disparado por um dos assaltantes que invadiram a farmácia após chegarem em uma moto, que foi usada para a fuga. A dupla ainda levou a carteira e o celular da vítima. Os reais autores do crime ainda não foram presos.

Fonte: Oimparcial


Comentários