Vídeo; Bolsonaro “toma” vacina e vira jacaré em desfile de SP


Reprodução

A escola de samba Rosas de Ouro, de São Paulo, levou uma sátira para o desfile de Carnaval deste domingo (24/4) e “vacinou” o presidente Jair Bolsonaro (PL). O personagem que representava o chefe do Palácio do Planalto se transformou em jacaré logo depois.

A crítica é referência à fala do presidente em dezembro de 2020, quando ele afirmou que não se vacinaria contra a Covid-19 por não confiar nas vacinas.

“E na Pfizer [contrato da Pfizer] tem lá: nós [Pfizer] não nos responsabilizados. Se eu virar um chi, se eu virar um jacaré, se você virar super homem, se nascer barba em alguma mulher, ou algum homem começar a falar fino… e o que é pior: mexer no sistema imunológico das pessoas”, falou Bolsonaro, à época.

Na avenida, uma enfermeira aparece com uma injeção gigante ao lado de um homem fantasiado de presidente. Ela aplica a vacina e, em seguida, aparece o jacaré usando uma faixa presidencial.


Veja:

Comentários