Familiares protestam em frente a pet shop onde corretor foi assassinado em São Luís


Na noite dessa terça-feira (10), familiares do corretor de imóveis e professor de educação física Dino Márcio, de 47 anos, realizaram um protesto na porta do PetShop onde ele foi assassinado, na Avenida Daniel de La Touche.


Segundo informações, Dino teria ido ao estabelecimento fazer a troca de um produto, na última segunda-feira (9). Houve uma discussão e o vigilante do estabelecimento teria atirado três vezes no corretor de imóveis, que ainda foi levado para o hospital, mas não resistiu e morreu.

O vigilante, autor dos disparos, fugiu logo depois do crime, mas já foi identificado. O caso está sendo investigado pela Superintendência de Homicídios e Proteção a Pessoa.

Fonte: Central de Notícias 

Comentários